Portal Vida Pet - Página principal

Castração de cães e gatos – Qual a sua importância?

A castração de cães e gatos é um assunto que sem dúvida divide opiniões, em que uns acreditam que o processo possa fazer mal aos seus animais de estimação, outros acreditam nos benefícios para os bichinhos.

Assim, para explicar o que realmente ocorre com os animais castrados, médicos veterinários dizem que a castração traz vários benefícios para a vida e saúde deles.

Afinal, o que é castração?


Castração é o método utilizado a fim de impedir que os animais procriem descontroladamente, e ofereça também uma vida mais saudável para seu amiguinho.

Certamente a castração é uma cirurgia muito simples, de baixo risco e com grandes benefícios.

Antes que aconteça a cirurgia, o animal por exames de sangue e eletrocardiograma, para saber se o bichinho está apto para a cirurgia. Em seguida, o animal no centro cirúrgico é anestesiado. Nas fêmeas, consiste na retirada dos ovários e útero, assim como, na remoção dos testículos da bolsa escrotal dos machos.

Em seguida, o animal permanece com a roupa cirúrgica e utiliza um colar protetor, evitando que o animal tenha acesso ao local da cirurgia.

Logo depois, os pontos costumam ser removidos entre sete e dez dias.

Benefícios da castração dos cães e gatos


Os cães e gatos fêmeas são grandemente beneficiados ao passarem pela castração, uma vez que, elimina o risco de piometria (inflamação grave no útero que pode ser fatal), além de diminuir em até 90% das chances de desenvolver câncer de mama.

No entanto, para os machos, consiste na diminuição do territorialismo, assim como, da agressividade do animal, e do risco de câncer nos testículos e próstata.

Qual é a idade para a castração?


Logo após os seis meses para os cães e gatos machos, e no caso das fêmeas, antes de o primeiro cio.

Os 7 benefícios da castração


1) Previne doenças nas vias uterinas e previne o surgimento de tumores de mama, útero, próstata e testículos;

2) Acaba com a gravidez psicológica, que afeta algumas fêmeas após o término do cio, que se caracteriza pelo inchaço das mamas (muitas vezes com edema), produção de colostro e irritabilidade excessiva;

3) Minimiza o risco de fugas e brigas, que podem acarretar acidentes graves e até fatais;

4) Ao eliminar o cio, acaba também com algumas consequências inconvenientes, tais como os latidos, uivos e miados excessivos que ocorrem nos períodos de fertilidade;

5) Elimina o estado de excitação por falta de cruzamento, assim como, o cãozinho que agarras as pernas das visitas;

6) Nas cadelas, elimina a inconveniente perda de sangue no período de cio, assim como as desagradáveis reuniões de machos nas imediações da residência;

7) Favorece para a redução e até a eliminação do hábito dos gatos machos de urinar em paredes e móveis para marcar território. A urina também perde o odor forte e desagradável.

O uso de anticoncepcionais


Com toda a certeza, o uso de anticoncepcionais nunca devem ser usados em cadelas e gatas, pois, podem falhar e, além disso, causar doenças graves como o câncer.

Cães e gatos castrados


Deixam de fugir em busca das fêmeas no cio, assim como, tem menos necessidade de marcar território com urina.

Cadelas e gatas castradas


Quando castradas deixam, assim, de atrair a atenção dos machos na época do cio.

De fato, diminui em até 90% as chances de desenvolver câncer de mama.

Para os Cães e Gatos


A castração aumenta consideravelmente a expectativa de vida destes animais, pois, evita tumores nos sistemas reprodutivos e na mama.

Onde castrar?


A castração só pode ser realizada por um médico veterinário, desta forma, procure uma clínica veterinária, ou entidades de Proteção Animal que fazem cirurgias com preços reduzidos, assim como, a gratuidade em Centros de Controle de Zoonoses.

Conclusão


Enfim, a castração de cães e gatos favorecem a saúde do animal, além de uma vida mais longa e feliz.

Deixe seu comentário

Gato pode beber leite? Entenda tudo sobre o assunto
Cachorro pode comer banana? Benefício ou prejuízo?
PugNickBH - Encontro de cães da raça Pug
Periquitos-australianos: Marcelo Pereira e seu criadouro
Cachorro com medo de barulho: saiba como agir
Cachorro vira-lata: vantagens de ter um cão sem raça definida
Fun Pet – Centro de Exposição Pet de Jundiaí
Como proteger o cachorro do frio: 5 dicas importantes
Cachorro pode comer peixe?
Cama para cachorro: qual é a importância?
Participe da Rede Social Pet
Compartilhe informações e serviços