Portal Vida Pet - Página principal

Plantas tóxicas para cachorro: aparentemente inofensivas

Certamente é muito bonito um ambiente ornamentado por vegetais, entretanto, conheça as plantas tóxicas para cachorro.

Seja como for, além de melhorar a estética do ambiente, as plantas também melhoram a qualidade do ar.

Contudo, é importante selecionar quais plantas serão colocadas como ornamentação da residência para não prejudicar a saúde do cão.

Portanto, se possuir alguma planta identificada como tóxica para seu animalzinho, coloque-a em local não acessível ao cachorro.

Conheça as plantas tóxicas para cachorro


Por mais que algumas plantas ornamentais que cultivamos em casa aparentemente sejam inofensivas, podem ser altamente tóxicas para os cães.

Comigo-ninguém-pode


Comigo-ninguém-pode
Comigo-ninguém-pode

Surpreendentemente venenosa, causa queimação e irritação na boca, lábios e língua, salivação em excesso, vômito e dificuldade para engolir.

Bem-me-quer


Bem-me-quer
Bem-me-quer

Sua toxidade aumenta consideravelmente a vontade de urinar, provoca vômitos, dermatites, além disso, causa diarreia.

Copo-de-leite


Copo-de-leite
Copo-de-leite

A ingestão desta planta pode causar, todavia, irritação das mucosas, dor severa e edema na glote.

Antúrio


Antúrio
Antúrio

A planta por completo possui toxina e os sintomas são, queimação de mucosas, inchaço da boca, lábios e garganta, edema de glote, asfixia, náuseas, salivação, vômitos e diarreia.

Avenca


Avenca
Avenca

O consumo do broto da Avenca, no entanto, pode desenvolver câncer nos bichinhos.

Azaleia


Azaleia
Azaleia

Tem como princípio ativo a andromedotixina, assim que ingerida pode ocasionar, distúrbios digestivos, bem como disfunções cardíacas.

Bico-de-papagaio


Bico-de-papagaio
Bico-de-papagaio

Possui seiva leitosa tóxica, assim que entra em contato com a pele dos animais, pode provocar lesões cutâneas e conjuntivite.

Como resultado da sua ingestão, o animal pode ter náuseas, vômitos e gastroenterite.

Coroa-de-cristo


Coroa-de-cristo
Coroa-de-cristo

O contato com a pele ou ingestão, portanto, é capaz de ocasionar reações inflamatórias como, inchaço, dor e vermelhidão.

Espada-de-são-jorge


Espada-de-são-jorge
Espada-de-são-jorge

Sobretudo, uma planta com alta toxidade que pode causar, dificuldade de movimentação e respiração, além de salivação excessiva.

Espirradeira


Espirradeira
Espirradeira

Sua toxina é capaz de provocar, contudo, arritmias, vômitos, diarreia, ataxia, dispepsia, paralisia, coma e morte em animais domésticos.

Mamona


Mamona
Mamona

A sua ingestão das sementes causa nos animais, náuseas, vômitos, cólicas abdominais, hipotermia, taquicardia, sonolência, sangue nas fezes e desidratação.

Tomate verde


Tomate verde
Tomate verde

A substância tóxica está em alta concentração, nas folhas e frutos verdes, contudo, fica inerte nos frutos maduros.
Assim, esta toxina pode causar arritmias cardíacas, dificuldade de respirar, salivação abundante, diarreia e vômitos.

Violeta


Violeta
Violeta

São altamente tóxicos o caule e as sementes, além disso, sua ingestão pode causar, gastrites, depressão circulatória e respiratória, bem como, vômitos e diarreia.

Enfim, caso o animal coma qualquer uma dessas plantas, leve-o imediatamente para um médico veterinário.

Deixe seu comentário

Gato pode beber leite? Entenda tudo sobre o assunto
Cachorro pode comer banana? Benefício ou prejuízo?
PugNickBH - Encontro de cães da raça Pug
Periquitos-australianos: Marcelo Pereira e seu criadouro
Cachorro com medo de barulho: saiba como agir
Cachorro vira-lata: vantagens de ter um cão sem raça definida
Fun Pet – Centro de Exposição Pet de Jundiaí
Como proteger o cachorro do frio: 5 dicas importantes
Cachorro pode comer peixe?
Cama para cachorro: qual é a importância?
Participe da Rede Social Pet
Compartilhe informações e serviços