Portal Vida Pet - Página principal

Alessandra Morais e seus animais de estimação

Alessandra Morais
Alessandra Morais

A entrevista realizada com Alessandra Morais, acima de tudo, mostra um pouco sobre a vida de quem possui animais de estimação.

Alessandra reside em São Paulo, capital. Bem como, é mãe de quatro animaizinhos que são a razão da sua alegria.

Sua vida é cercada pelo Zezinho, Luizinho e Huguinho que são vira-latas, assim como, José Bonifácio, um Fox Paulistinha.

José Bonifácio, Zezinho, Huguinho e Luizinho
À esquerda: José Bonifácio, Zezinho, Huguinho e Luizinho

Qual a brincadeira preferida deles?


De todas as brincadeiras, os quatro amam se distrair com bolinhas, mas, quando a bolinha não está na diversão, eles pegam papel higiênico, sacolas, ou seja, tudo o que estiver na frente é alegria garantida.

Quais as idades dos pets e o que mais gostam de fazer?


O José Bonifácio está com sete anos, e ama passear de carro. No caso do Zezinho, Luizinho e o Huguinho não tem idade certa, pois foram adotados já grandes, e gostam muito de brincar entre eles.

Um acontecimento interessante


Uma peripécia, portanto, que chamou minha atenção quando ainda morava com minha mãe, foi quando Luizinho roubou carne na cozinha.

Qual travessura marcou sua vida?


Eles fazem travessuras o tempo todo, contudo, Zezinho sempre observava onde eu tirava os petiscos para ele na parte da manhã. Certo dia, ele abriu o armário, pegou o saquinho do petisco e levou embora.

Como entraram na sua vida?


Zezinho, Luizinho e o Huguinho, no entanto, foram encontrados na rua, quando ainda morava com minha mãe.

Eu os alimentava embaixo de uma Kombi, onde moravam. Em época de chuva, sempre tentava montar um abrigo melhor.

Zezinho tinha uma sarna muito severa e não possuía nenhum pelo no corpo. Além disso, havia diversas marcas de furo espalhadas pelo corpo, que provavelmente alguém o furava com pregos.

O cachorro tinha várias feridas devido às agressões, e sangravam bastante.

Neste estado, Zezinho mal conseguia se levantar. Porém, quem o protegia e trazia comida para ele era o Luizinho.

Huguinho sempre foi um cachorro boa praça, se dava bem com todo mundo.

Por fim, quando eu resolvi adotá-los, foram os três de uma só vez.

José Bonifácio já era do meu marido, assim, quando nos casamos ele veio morar comigo.

Seus animaizinhos percebem quando está triste?


Sim, com certeza! Assim como, é bem notório a preocupação deles quando estou triste.

Tinha uma cadela chamada Mel. Porém, quando ela morreu, cheguei em casa chorando muito, de tal forma que todos vieram para o meu colo, buscando me consolar de alguma maneira.

Quando fico triste, eles tentam me alegrar de qualquer jeito.

O que seus amiguinhos significam para você?


Certamente eles significam muito para mim, tem uma grande importância na minha vida.

De fato, são membros da família, sem distinção alguma.

Que mensagem deixa para quem deseja ter animais de estimação?


Recomendo que todos tenham um bichinho de estimação, principalmente se for adotado.

Acima de tudo, a adoção é um ato de amor, pois livra o animal de maus tratos e do risco de atropelamento. Além disso, a fome e a sede deixam de existir na vida dele.

A adoção cura feridas, e como resultado você receberá um amor de verdade.

Enfim, Alessandra Morais nos contou um pouco sobre a adorável vida com seus animais de estimação.

Confira também:
- Adestramento para cães: comandos básicos
- Como ensinar o cão a fazer xixi e cocô no lugar certo
- Alimentos tóxicos para cães

Comentários
Bárbara Santos

Fiquei muito feliz por eles terem encontrado um lar e serem amados ????

Cláudia

Muito bonito o amor pelos animais, eles realmente precisam ser adotados e cuidados, parabéns pela iniciativa.

Leila

Muito legal a entrevista. Adorei!

Carla Caroline

Orgulho em conviver com esse ser humano tão doce e tão voltado aos animais! ??

Deixe seu comentário

Gato pode beber leite? Entenda tudo sobre o assunto
Cachorro pode comer banana? Benefício ou prejuízo?
PugNickBH - Encontro de cães da raça Pug
Periquitos-australianos: Marcelo Pereira e seu criadouro
Cachorro com medo de barulho: saiba como agir
Cachorro vira-lata: vantagens de ter um cão sem raça definida
Fun Pet – Centro de Exposição Pet de Jundiaí
Como proteger o cachorro do frio: 5 dicas importantes
Cachorro pode comer peixe?
Cama para cachorro: qual é a importância?
Participe da Rede Social Pet
Compartilhe informações e serviços