Portal Vida Pet - Página principal

Como proteger o cachorro do frio: 5 dicas importantes

Como proteger o cachorro do frio

Os animais de estimação sofrem muito em dias de baixa temperatura e precisam de cuidados especiais, sobretudo, entenda como proteger o cachorro do frio.

A saber, o cão quando não bem protegido do frio pode sentir-se desconfortável ou até mesmo adoecer.





A pelagem do bichinho, no entanto, pode ajudar na resistência, mas não impede que sinta frio ou sofra de hipotermia.

O que é hipotermia?


É quando a queda de temperatura fica abaixo do normal. Aliás, os animais com mais tendência são os filhotes e os mais velhos.

Como saber se o cachorro está com frio?


Para identificar se o animalzinho está sentindo frio, portanto, preste atenção se está tremendo ou se procura ficar bem encolhido.

Como proteger o cachorro do frio


Conheça as 5 dicas que devem ser consideradas para que o cão não passe frio.

1 – Casinha do cachorro


Para os animais que moram na área externa da residência, acima de tudo, a casinha deve ser quente e confortável.

Assim, ela deve ficar protegida da chuva, e a entrada, na posição contrária da corrente de ar.

Com a finalidade de aquecer e deixar mais confortável o interior da casinha, forre papelões na superfície e, por cima, coloque um cobertor.

2 – Caminha do pet


No entanto, para o cachorro que mora dentro de casa é importante que ele tenha uma caminha confortável e aquecida.

A melhor localização da caminha para o animalzinho é aquela distante de ventos e umidade, assim também, uma área sossegada.

Para que o cão tenha a garantia de um melhor conforto, forre a caminha com cobertor.

3 – Roupinha para cachorro


Por certo, o cão mais velho, magro ou com pelagem curta são os que na maioria sentem mais frio.

Pode ser fundamental colocar roupinha caso perceba que está com frio, principalmente ao sair de casa.

Para passear, utilize roupinha impermeável, pois, tempo frio pode ser sinônimo de chuva, garantindo assim que o animal fique seco.

4 - Não tosar os pelos


Certamente o pelo é a principal proteção natural para o animal atravessar o clima frio.

Assim, não tosar os pelos do cachorro favorece e muito para que o pet sofra menos com temperaturas baixas.

Mantenha a escovação diária para conservar em bom estado sua pelagem.

5 – Vacinas em dia


É de extrema importância que o cachorro esteja com todas as vacinas em dia.

Além disso, para enfrentar dias frios é bom que esteja imunizado contra a tosse dos canis, também conhecida como traqueobronquite.

O que é traqueobronquite?


É uma enfermidade que compromete o sistema respiratório dos cães, portanto, tem como característica tosses associadas à dificuldade respiratória.

Assim, como medida de prevenção, os cães devem ser vacinados contra esta enfermidade.

Enfim, estas foram as 5 dicas de como proteger seu cachorro do frio.

Deixe seu comentário

Gato pode beber leite? Entenda tudo sobre o assunto
Cachorro pode comer banana? Benefício ou prejuízo?
PugNickBH - Encontro de cães da raça Pug
Periquitos-australianos: Marcelo Pereira e seu criadouro
Cachorro com medo de barulho: saiba como agir
Cachorro vira-lata: vantagens de ter um cão sem raça definida
Fun Pet – Centro de Exposição Pet de Jundiaí
Cachorro pode comer peixe?
Cama para cachorro: qual é a importância?
Benefícios da ração para os gatos: entenda sobre o assunto
Participe da Rede Social Pet
Compartilhe informações e serviços