Portal Vida Pet - Página principal

Gato pode beber leite? Entenda tudo sobre o assunto

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade
Gato pode beber leite?

É uma cena comum imaginarmos um gato se deliciando em um vasilhame com leite, mas, gato pode beber leite?

É antigo, no entanto, a ideia de assimilar o cão com um pedaço de osso e o gato bebendo leite.

A fim de oferecer um alimento que não traga riscos para a saúde do felino, se informe antes.

Os gatos quando são recém-nascidos, consomem leite materno, ou seja, leite produzido pela gata.

Contudo, quando o felino se torna adulto, seu organismo reduz a produção das enzimas lactase, feito para digerir a lactose. Assim, o bichano tende a ser intolerante a lactose.

Gato pode beber leite?


Embora o leite seja um alimento apreciado pelo gato, é algo que não deve fazer parte da sua dieta.

No entanto, apesar de não ser tóxico para o animal, também deixa de ser saudável, podendo causar diarreias e vômitos.

Os mamíferos têm seu metabolismo adaptado com enzimas digestivas para que aproveite o leite materno apenas quando são filhotes.

Assim, os filhotes se alimentam, por um certo tempo, exclusivamente do leite produzido por suas mães.

Depois do desmame, o gato deve se alimentar apenas com ração, pois, se trata de uma dieta balanceada.

Filhotes podem beber leite?


Os filhotes devem alimentar-se do leite materno, portanto, outro leite, por exemplo, o de vaca não é recomendável.

Unicamente o leite materno pode oferecer todos os nutrientes necessários para que tenha desenvolvimento saudável.

A saber, gatinhos que consomem qualquer outro leite podem ter vários problemas, como diarreia ou outras complicações.

O leite de vaca, por exemplo, é rico em açúcares e pobre em proteínas e gorduras, incompatível com as necessidades nutricionais do felino.

Um filhote que não pode ser alimentado pela mãe, procure um veterinário, pois, existe mistura pronta para suprir as necessidades do bichano.

Filhote de gato alimentado apenas com leite de vaca pode apresentar diarreia, flatulência e desnutrição severa, o que pode levar o animal ao óbito ou a ter um crescimento prejudicado e problemas de saúde.

Intolerância à lactose: sintomas


A intolerância à lactose, no entanto, acontece devido à incapacidade de produzir certa quantidade de enzimas lactase.

Esta enzima é abundante no nascimento, todavia, diminui conforme o crescimento, provocando incômodo ao ingerir leite.

Assim, a bebida permanece no sistema digestivo, provocando fermentação, que causa inchaço, gases e diarreia.

Os sintomas da intolerância à lactose em gatos são as seguintes:

- Náuseas e vômitos;

- Diarreia Gases;

- Inchaço da zona abdominal.

Alergia à lactose: sintomas


Uma vez que intolerância à lactose agride o sistema digestivo, a alergia atua no sistema imunológico.

Os sintomas são parecidos com os da intolerância, portanto, se o animal apresentar um dos sinais, leve-o ao veterinário imediatamente.

- Coceira acompanhada de urticária (lesão de pele);

- Dificuldade em respirar;

- Tosse;

- Vômitos;

- Diarreia;

- Diminuição da pressão arterial;

- Dor de estômago (identificada por miados repentinos).

O gato não é alérgico nem intolerante à lactose


Mesmo que o gato não seja alérgico, nem intolerante à lactose, o leite não deve ser oferecido.

O leite, portanto, não proporciona nenhuma vantagem nutricional para o bichano.

O felino, pois, encontra uma alimentação rica e equilibrada nas rações secas ou úmidas.

Enfim, gato que bebem leite pode ter sua saúde prejudicada.


Deixe seu comentário

Pug: conheça tudo sobre a origem milenar da raça
Shih Tzu: conheça o temperamento e os cuidados com a raça
Feira Nacional de Produtos e Serviços para a Linha Pet e Animais de Produção
Shih Tzu: conheça a história, origem e padrão da raça
Vacina em gatos: prevenção de doenças mortais
14° evento PEBRJ - Pit, Extremados e Bully RJ
Temperamento do Pit Bull: tudo o que você precisa saber
Pit Bull e alimentação: informações completas para o cachorro adulto