Portal Vida Pet - Página principal

Vacina em gatos: prevenção de doenças mortais

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade
Vacina em gatos

Quando o assunto são os cuidados principais com o bichano, certamente a vacina em gatos está entres os elementos mais importantes.

Além disso, combinada com uma dieta balanceada, exercícios regulares e higiene, a vacinação é fundamental na saúde do felino.

As doenças que atacam os gatos, são originadas por organismos chamados patógenos.

Nesse sentido, a vacinação pode controlar 6 doenças todos os anos, incluindo a raiva que é obrigatória.

Visto que a vacina prepara o sistema imunológico para combater o patógeno, assegurando a saúde do gato.

Ao falar de cuidados com o pet, provavelmente esse seja o que mais influência na sua expectativa de vida.

Então, manter a vacinação do gato em dia, é de grande importância como medida preventiva contra doenças infectocontagiosas.

Meu gato pode ser vacinado?


Para ser vacinado, o animal deve estar saudável, sem febre ou diarreia, com peso apropriado e previamente vermifugado.

De tal forma que se o animal for vacinado com febre ou diarreia, estes problemas podem piorar.

Contudo, se não estiver vermifugado, pode até anular o efeito da vacina.

Se isso não for considerado, o organismo pode deixar de reagir satisfatoriamente à vacinação.

Quando iniciar a vacina em gatos?


O esquema de vacinação, por certo, tem início quando o animal é ainda filhote, e possui o seguinte padrão:

45 dias de vida – Múltipla Felina | Tríplice (V3), Quádrupla (V4) ou Quíntupla (V5);

66 dias de vida – Múltipla Felina | Tríplice (V3), Quádrupla (V4) ou Quíntupla (V5);

87 dias de vida – Múltipla Felina | Tríplice (V3), Quádrupla (V4) ou Quíntupla (V5);

1 semana depois da última dose, aplica-se a antirrábica.

É importante ressaltar que, as doses da múltipla felina devem ter 21 dias de intervalo entre elas.

Visto que o médico veterinário indicará qual delas deverá ser administrada no gato.

A resposta adequada à vacinação, no entanto, está diretamente ligada à competência imunológica de cada animal.

Principais vacinas para gato


Vacina V3: protege o animal da panleucopenia, calicivirose e da rinotraqueíte.

Vacina V4: a mesma proteção da V3, também inclui imunização a clamidiose.

Vacina V5: a mesma proteção da V4, mais a leucemia felina.

Meu gato é adulto e nunca foi vacinado


Para gato adulto nunca vacinado, deve receber 2 doses de vacina múltipla, com intervalo de 21 dias, assim como, 1 dose de vacina antirrábica.

Do mesmo modo, isso é indicado também para gatos em que não se tem ideia sobre o histórico de vacinação.

Quais reações a vacina pode provocar?


Os gatos podem manifestar reações leves, ou seja, febre ou um pouco de desânimo.

Isso é normal, pois, mostra que a reação imunológica à vacina está acontecendo.

Esses sintomas, no entanto, geralmente desaparecem sozinhos, mas em caso de dúvidas, é indispensável ligar para o veterinário responsável.

Quem pode vacinar meu gato?


A vacinação somente deve ser realizada por um veterinário, pois, é o único profissional habilitado para avaliar as condições do gato, e se está preparado para receber a vacina.

Enfim, vacina em gatos é de grande importância para combater certas doenças, aumentando suas expectativas de vida.


Deixe seu comentário

Pug: conheça tudo sobre a origem milenar da raça
Shih Tzu: conheça o temperamento e os cuidados com a raça
Feira Nacional de Produtos e Serviços para a Linha Pet e Animais de Produção
Shih Tzu: conheça a história, origem e padrão da raça
14° evento PEBRJ - Pit, Extremados e Bully RJ
Temperamento do Pit Bull: tudo o que você precisa saber
Pit Bull e alimentação: informações completas para o cachorro adulto
American Bully: uma raça que apresenta força e robustez